AGAMENON #20

A vez delas. Depois do debate no último #Agamenon sobre a estratégia de preços diferenciados para mulheres e homens nas baladas, nesta edição o tema volta a ser analisado – agora sob a ótica feminina. Seis ouvintes do podcast deram sua opinião sobre a polêmica. Esta é a “primeira página” da nossa revista semanal em formato de podcast. Ouça agora ou quando quiser.

Temas da semana
  • Proposta de Parlamentarismo: Solução política, golpe ou apenas devaneio?
  • Fake news: A multiplicação das notícias falsas e os riscos para a sociedade
  • Disney retira o catálogo da Netflix e aponta para a futura guerra de mercado dos serviços de streaming
  • Rafael Fragôso

    interessantíssima análise sobre plataformas streaming, tv aberta e tv fechada

  • Guga Love

    Não querendo causar aquele Looping infinito, mas vou comentar sobre o epílogo.
    A prática comentada por Isabela, sobre “iscas” tbm é praticada por homens, haja vista o interesse e liberdade das mulheres nesses eventos. Algumas mulheres q não possuem as “características necessárias” para serem divulgadoras ou simplesmente não trabalham como tais, tbm frequentam essas festa na qualidade de consumidoras e em alguns casos são “atraidas” pelos perfis masculinos q divulgam os eventos. Tenho um primo q promove esse eventos e me contou q o “assedio” das mulheres em seus perfis sociais dobraram. Finalizo dizendo q apesar de trazer esse “outro lado” discordo dessa pratica q lhe usa mais como produto do q como pessoa, porem não critico quem o faz, eu discordo e não o faço, mas cada um(a) q faz tem seus interesses em promover (ou se promover) e assim o faz.