AGAMENON #35

A tragédia da noite de 26 de novembro de 2017 no cruzamento entre a Avenida Rosa e Silva e a Rua Padre Roma, na Zona Norte do Recife, é o tema desta edição – dissecado por todos os ângulos. Das vítimas ao assassino. Dos crimes no trânsito à cobertura da mídia. Na abertura, um debate sobre o documentário JIM & ANDY e conversas sobre as trilogias que seguiram em frente e os jogos de videogame clássicos do passado. Ouça agora ou quando quiser.

  • Cleyton Fernandes

    Excelente debate, com relação às multas de trânsito estamos evoluindo, mas ainda é movida por interesses, R$ 2.000,00 pesa no meu bolso, mas para algumas pessoas esse valor é irrisório, com relação ao uso de sinto de segurança, alguém parou para pensar como os usuários dos transportes públicos como ônibus, são transportados em pé como gado? Existe algum interesse ou algum beneficiado.

  • Lucas Rocha

    Sobre a propaganda nas rádios comparando com o podcast, temos que analisar de como é essa comunicação. Na Rádio sua orientação é vertical, baseada na figura do “Formador de Opinião”, portanto, aquilo que o locutor diz é verdade absoluta e não há muitas brechas para discordância, com isso, soma-se o fato da linguagem ser mais formal, para dar credibilidade ao locutor. Já no podcast, uma mídia horizontal, baseada na democratização dos meios, o locutor é aquele que fomenta o debate, que é alastrado para os “ouvintes debatedores”, aliado com a informalidade, que é uma característica bem forte dos podcasts brasileiros.