PODCAST #337

A perda do título da Copa do Nordeste – com uma atuação abaixo da crítica na final – e a demissão do técnico Ney Franco servem de ponto de partida para este podcast que disseca o momento do Sport na temporada. Tudo é passado a limpo detalhadamente. Os erros graves do presidente Arnaldo Barros e da direção de futebol (que fizeram o Sport chegar tão fragilizado para uma decisão);  um raio x completo do elenco, posição por posição – destacando urgências de reforços e avaliando rendimentos individuais (com destaque para Diego Souza, Everton Felipe e Rogério) -; e um debate sobre o perfil do novo treinador, sugerindo e analisando nomes em três blocos de profissionais. Ouça agora ou quando quiser.

  • A função de Everton Felipe é a de um armador recuado, considerado o pulmão das formações modernas. Essa posição tem boa capacidade defensiva, não comparado a de um primeiro volante, mas necessário para fazer pressão e recomposição e boa saída de bola com velocidade, também pode ser utilizar um jogador com essas características num meio-campo box-to-box. Mas pra isso é necessário uma boa disposição física. Acredito numa boa formação dele com Rithely.

    • Andinho D’wirvelle

      Ele pode jogar aí msm. Mt bom jogador. Fazer o segundo volante ou 3° homem de meio.