PODCAST #360

A discussão entre o técnico Vagner Mancini e um repórter da Rádio Bandeirantes depois de Corinthians 0x1 Vitória em Itaquera gerou uma série de debates em todo o país sobre conduta e foco no jornalismo esportivo. Chegou a vez do Podcast debater os questionamentos levantados naquela entrevista. Mas este é apenas o primeiro tema de um longo programa – que aprofunda os momentos de Sport, Santa Cruz e Náutico. São 2h36 de análises, debates e algumas confusões. Ouça agora ou quando quiser.

Mancini x jornalista
  • Por que a pergunta do repórter foi mal feita?
  • Os acertos e o único erro da resposta de Mancini
  • O foco de um rádio de São Paulo deveria realmente ser diferente?
  • O que estava em questão era o lado torcedor do jornalista?
SPORT
  • A queda de rendimento no campo e na classificação
  • Uma análise detalhada da situação de Diego Souza
  • A importância dos 12 dias sem jogos neste momento negativo
  • Como a chegada de Wesley pode mudar a forma do time atuar
série b
  • Dois clubes de Pernambuco no Z4 pela 1ª vez na história
  • O “novo Náutico”: 8º melhor time nos últimos 10 jogos e exceção dentro do Z4
  • Existe chance real de Náutico e Santa escaparem juntos?
sANTA CRUZ
  • Do G4 ao Z4: O que foi determinante para a implosão do Santa Cruz na Série B?
  • Sem mostrar futebol e sem pontuar há 5 rodadas, chegou a hora de questionar Givanildo?
  • Trocar o treinador e/ou resolver a questão financeira e estrutural: O que, de fato, pode ser feito para mudar o curso negativo do Santa neste momento?
NÁUTICO
  • O exemplo da última mudança de técnico do Náutico serve para o Santa?
  • O novo racha político, suas causas & consequências para o clube neste momento

 

  • LUIZ ALEXANDRE TORRES LAGE

    Meu nome é Luiz, sou ouvinte do Podcast 45 e do Agamenon. Queria q vcs comentassem um pouco sobre o suposto preconceito sofrido por Mancini e o time do Vitória, pela imprensa paulista. Q por sinal, foi uma questão levantada pelo Roberto Fernandes na entrevista. Oq vcs acham disso? Forte abraço

  • LUIZ ALEXANDRE TORRES LAGE

    Um outro ponto é sobre a queda de rendimento de Diego Souza. Tenho a impressão q muito se deve à posição q ele está jogando. Muito na frente, quase q na mesma linha de André. Consequentemente, falta um meio-campo tão criativo para q as jogadas saiam (diferentemente da seleção brasileira, onde há isso). Seu maior rendimento era quando atuava como meia armador. Isso ajudaria nas melhores atuações dele e do próprio Sport. E tenho essa impressão de posição desde o jogo contra o Palmeiras. Queria saber a opinião de vcs

  • Diego

    Cabral vai passar 25 dias em Orlinda em outubro.