Telecast #301 – São Paulo 1 x 0 Sport

Com desempenho de time rebaixado, o Sport deixou escapar uma importante chance de pontuar fora de casa, ao perder por 1 a 0 no Morumbi para um São Paulo de futebol tão pobre quanto o do Leão. Com isso, o time de Vanderlei Luxemburgo chegou a nove rodadas sem vencer no Brasileiro, aumentando a ameaça de rebaixamento sobre os pernambucanos.

Neste programa, Cassio Zirpoli, Celso Ishigami e Lucas Fitipaldi analisam o impacto do resultado no acidentado caminho rubro-negro nesta Série A.

Ouça agora ou quando quiser.

  • Aldem Johnston

    Conforme se pode ver abaixo, com técnicos e elencos diferentes, o desempenho do Sport nas 8 participações do clube no Brasileiro da série A de pontos corridos é basicamente o mesmo: (a) inofensivo fora de casa; (2) faz menos gols do que leva; (3) emplaca sequências de vários jogos sem vitória e (4) cai de desempenho no 2º turno. Como o os jogadores e os técnicos não são os mesmos, só resta analisar o único elemento em comum a todas essas campanhas medíocres do Sport na competição: a diretoria. É o mesmo grupo político que comanda a presidência e a direção do Sport há anos que: (1) promete G6; (2) se assusta com Z4; (3) abandona sulamericana; (4) se salva do Z4 (em 2009 e 2012 nem isso) e (5) comemora a classificação para a mesma sulamericana abandonada pouco tempo antes.

    Sport na história dos pontos corridos da Série A
    8 participações (de 15)
    95 vitórias
    78 empates
    119 derrotas
    Campanhas do Sport em campeonatos da série A com pontos corridos
    2007- 51 pontos, 14º lugar, 14 vitórias, 9 empates, 15 derrotas, 54 gols a favor e 55 contra
    2008- 52 pontos, 11º lugar, 14 vitórias, 10 empates, 14 derrotas, 48 gols a favor e 45 contra
    2009- 31 pontos, 20º lugar, 7 vitórias, 10 empates, 21 derrotas, 48 gols a favor e 71 contra
    2012- 41 pontos, 17º lugar, 10 vitórias, 11 empates, 17 derrotas, 39 gols a favor e 56 contra
    2014- 52 pontos, 11º lugar, 14 vitórias, 10 empates, 14 derrotas, 36 gols a favor e 46 contra
    2015- 59 pontos, 6º lugar, 15 vitórias, 14 empates, 9 derrotas, 53 gols a favor e 38 contra
    2016- 47 pontos, 14º lugar, 13 vitórias, 8 empates, 17 derrotas, 49 gols a favor e 55 contra
    2017- 30 pontos, 16º lugar, 8 vitórias, 6 empates, 12 derrotas, 31 gols a favor e 38 contra
    Campanhas do Sport em campeonatos da série A com pontos corridos (mandante e visitante)
    2007- mandante: 11v, 5e, 3d
    2007- visitante: 3v, 4e, 12d
    2008- mandante: 11v, 6e, 2d
    2008- visitante: 3v, 4e, 12d
    2009- mandante: 7v, 3e, 9d
    2009- visitante: 0v, 7e, 12d
    2012- mandante: 7v, 5e, 6d
    2012- visitante: 3v, 6e, 11d
    2014- mandante: 10v, 6e, 3d
    2014- visitante: 4v, 4e, 11d
    2015- mandante: 13v, 5e, 1d
    2015- visitante: 2v, 9e, 8d
    2016- mandante: 10v, 5e, 4d
    2016- visitante: 3v, 3e, 13d
    2017- mandante: 5v, 5e, 3d
    2017- visitante: 3v, 1e, 9d
    Sequência de jogos sem vitória do Sport em campeonatos da série A com pontos corridos
    2007- 6
    2008- 8
    2009- 10
    2012- 11
    2014- 8
    2015- 10
    2016- 4
    2017 – 9
    Vitórias fora de casa do Sport em campeonatos da série A com pontos corridos
    2007- 3
    2008- 3
    2009- 0
    2012- 3
    2014- 4
    2015- 2
    2016- 3
    2017- 3

    Técnicos do Sport (2007/2017)

    Alexandre Gallo (2007)
    Giba (2007)
    Geninho (2007)
    Nelsinho Baptista (2008 – 2009)
    Emerson Leão (2009)
    Péricles Chamusca (2009)
    Givanildo Oliveira (2010)
    Toninho Cerezo (2010)
    Geninho (2010 – 2011)
    Hélio dos Anjos (2011)
    Mazola Júnior (2011)
    Paulo César Gusmão (2011)
    Mazola Júnior (2011 – 2012)
    Vágner Mancini (2012)
    Waldemar Lemos (2012)
    Sérgio Guedes (2012)
    Vadão (2013)
    Sérgio Guedes (2013)
    Marcelo Martelotte (2013)
    Geninho (2013 – 2014)
    Eduardo Baptista (2014 – 2015)
    Daniel Paulista (2015)
    Paulo Roberto Falcão (2015 – 2016)
    Oswaldo de Oliveira (2016)
    Daniel Paulista (2016 – 2017)
    Ney Franco (2017)
    Vanderlei Luxemburgo (2017)

    Presidentes do Sport (2007/2017)

    Milton Caldas Bivar (2007-2008)
    Sílvio Alexandre Guimarães (2009-2010)
    Gustavo Dubeux (2011-2012)
    Luciano Bivar (2013)
    João Humberto Martorelli (2013-2016)
    Arnaldo Barros Jr. (2017-2018)

  • Aldem Johnston

    Não só em 2017, mas de uma forma geral, a participação do Sport em campeonatos brasileiros é decepcionante. Ou a diretoria para com o discurso megalomaníaco de luta por vaga na Libertadores/luta pelo título e assume o usual papel medíocre de coadjuvante, ou de fato passa a adotar medidas palpáveis que mudem aos poucos o desempenho da equipe nesta competição. Se nada for feito, de nada adiantará a repetição do mantra de “maior do nordeste” e de almejar um lugar no G12, vez que contra fatos não há argumentos.

    Brasileirão unificado 1959-2017
    899 jogos (1.053 GP e 1.099 GC)
    307 vitórias
    251 empates
    340 derrotas
    39 participações (entre 1959 e 2017)
    Campeão em 1987

    Série A 1971-2017
    881 jogos (1.021 GP e 1.080 GC)
    301 vitórias
    246 empates
    336 derrotas
    36 participações (entre 1971 e 2017)
    Campeão em 1987